Controle Orçamentário, a Base do Orçamento

O planejamento orçamentário é de fundamental importância para o bom desempenho econômico – financeiro das organizações, porém sem o controle e acompanhamento o plano não atinge os principais benefícios que pode trazer, como por exemplo o controle de gastos, avaliação de resultados e o feed back para o sistema.

O planejamento orçamentário é de fundamental importância para o bom desempenho econômico – financeiro das organizações, porém sem o controle e acompanhamento o plano não atinge os principais benefícios que pode trazer, como por exemplo o controle de gastos, avaliação de resultados e o feed back para o sistema.

Quando realizamos o controle orçamentário temos a possibilidade de acompanhar o resultado alcançado pela empresa e comparar com o que foi previsto no planejamento orçamentário, gerando assim o que chamamos de relatório de desempenho, onde se demonstram as variações ocorridas entre o planejado e o realizado no período. Isto leva os gestores e responsáveis por cada conta do orçamento a saber se o seu desempenho se desenvolveu dentro do esperado, acima ou abaixo do que se havia previsto para o período, desta forma é possível gerar ações corretivas no caso de desempenho inferior e que poderia causar algum tipo de perda de resultado para a empresa, além de gerar informações para o apoio na tomada de decisão sobre a necessidade de atualizar o Forecast da empresa.

Por outro lado, a gestão dos gastos é acompanhada pelo controle orçamentário, no qual podemos verificar se os responsáveis por cada conta conseguiram seguir o plano feito antecipadamente e mantiveram os gastos dentro dos parâmetros previamente estabelecidos, levando a empresa a alcançar os resultados previstos.

Sem o controle o orçamento perde todo o sentido e se transforma em uma ferramenta sem utilidade para a empresa, gerando apenas trabalho para os gestores que acabam acreditando que o planejamento orçamentário não traz qualquer benefício para as organizações.